Monkeypox - atualização de casos no Estado e nos municípios

Varíola do Macaco. A Vigilância Sanitária de Cajuru recebeu da DRS-Ribeirão atualização sobre a Monkeypox. Abaixo, o número de casos confirmados no Estado e lista de casos nos municípios (quadros).

Monkeypox - atualização de casos no Estado e nos municípios
Varíola do Macaco.
A Vigilância Sanitária de Cajuru recebeu da DRS-Ribeirão atualização sobre a Monkeypox.
Abaixo, o número de casos confirmados no Estado e lista de casos nos municípios (quadros).
Confira a atualização feita em 08/08, às 16h:
SP tem 1.636 casos confirmados da Monkeypox (confira a lista por município nos quadros abaixo). O atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos. O vírus da Monkeypox, que faz parte da mesma família da varíola, é transmitido entre pessoas e o atual surto tem prevalência de transmissão de contato íntimo e sexual.
*Prevenção contra a Monkeypox (MPX):*
- Evitar contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele;
- Evitar beijar, abraçar ou fazer sexo com alguém com a doença;
- Higienização das mãos com água e sabão e uso de álcool gel;
- Não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos, objetos pessoais ou brinquedos sexuais;
- Uso de máscaras, protegendo contra gotículas e saliva, entre casos confirmados e contactantes.
*Sintomas da Monkeypox (MPX):*
- O principal sintoma é o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas, que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito, genitais ou ânus;
- Caroço no pescoço, axila e virilhas;
- Febre;
- Dor de cabeça;
- Calafrios;
- Cansaço;
- Dores musculares.