Rede Municipal promove Capacitação em Aleitamento Materno para profissionais da Saúde 10/08/2018

Desde o ano passado, o mês de agosto passou a ser conhecido como “Agosto Dourado” e é dedicado a informar e debater a importância de amamentar os bebês.


Com esse objetivo foi realizado nos dias 7 e 8 de agosto, na Casa da Cultura de Cajuru, a capacitação em aleitamento materno para todos os profissionais de saúde da rede.


Entre os assuntos, foram destacados:


 


Benefícios para o bebê:


- O leite materno protege contra diarreia, vômito, infecções respiratórias, alergias e meningites;


- diminui o risco de hipertensão, colesterol alto, diabetes e alergias, além de reduzir a chance de desenvolver obesidade;


- Melhora o desenvolvimento mental do bebê;


- É mais facilmente digerido;


- Estima-se que o aleitamento materno pode evitar 13% das mortes em crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas evitáveis;


- Favorece o vínculo entre mãe e bebê desde cedo, o que facilita o desenvolvimento da criança e seu relacionamento com outras pessoas;


O ato de sugar o peito melhora o desenvolvimento dos músculos da face, e a descida e alinhamento dos dentes.


Benefícios para as mães:


- Mais segurança, menos ansiedade;


- Aumenta a queima de calorias, ajuda a voltar mais rápido ao peso anterior ao parto;


- Ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e de anemia após o parto;


- Reduz o risco de desenvolvimento de câncer de mama e de ovário, e de osteoporose;


- Reduz a chance de internação da mãe e do bebê;


- É prático, rápido e sem custo.


Recomendações:


- Iniciar a amamentação na primeira hora após o parto.


- Aleitamento materno exclusivo até o 6o mês de vida e em livre demanda (sempre que o bebê quiser).


- Aleitamento complementar após o 6o mês.


- Aleitamento materno não exclusivo até os 2 anos de idade.